Eficácia do diflubenzuron no controle de Dolops carvalhoi (Crustacea: Branchiura) em jovens pacus Piaractus mesopotamicus (Osteichthyes: Characidae) naturalmente infectados - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1235

Sergio Henrique Canello Shalch, Marco Antonio de Andrade Belo, Vando Eduardo Soares, Julieta Rodini Engrácia de Moraes, Flávio Ruas de Moraes

Resumo


Neste ensaio, avaliou-se a eficácia terapêutica do diflubenzuron contra o crustáceo Dolops carvalhoi (Crustacea: Branchiura) em pacus Piaractus mesopotamicus Holmberg 1887 (Osteichthyes: Characidae) naturalmente infestados. A droga foi aplicada três vezes na concentração de 2,0 mg/L de água, na forma de banhos com trinta minutos de duração e intervalo de 24 horas. Um grupo controle foi submetido ao mesmo procedimento, sem a adição do fármaco à água. A avaliação parasitológica revelou que a eficácia da droga foi de 97,2%. No grupo tratado houve redução da glicemia, aumento da quantidade de eritrócitos, redução do percentual de células granulocíticas especiais e aumento da quantidade de trombócitos circulantes coincidentes com a eliminação dos parasitos, quando comparado ao grupo controle. Os resultados indicam que ocorreu melhora marcante na saúde dos peixes

Palavras-chave


Dolops carvalhoi; Piaractus mesopotamicus; diflubenzuron

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v27i2.1235



Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br