Influência da monensina e levedura sobre parâmetros ruminais e metabólicos em cordeiros semiconfinados - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4687

Vinícius Coitinho Tabeleão, Francisco Augusto Burcket Del Pino, Maikel Alan Goulart, Elizabeth Schwegler, Sandra Vieira Moura

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar a influência dos suplementos monensina e levedura sobre parâmetros ruminais e metabólicos de cordeiros semiconfinados. Foram utilizados 30 animais divididos em três grupos: controle (sem suplemento), ionóforo (500 g t-1 de Rumensin® ) e levedura (500 g t-1 de Beefsac® ). Os animais foram mantidos em sistema de semiconfinamento, recebendo ração concentrada equivalente a 2% do peso corporal. O fluido ruminal foi coletado a cada sete dias, a fim de determinar o pH, potencial redox, tempo de sedimentação e flutuação, cor, odor, consistência e movimentação de protozoários. O mesmo intervalo foi adotado para coleta de sangue, para determinação de glucose, ureia, colesterol total, triacilgliceróis, albumina, transaminase oxaloacética e γ-glutaril-transferase. O grupo levedura apresentou valores de pH menores (p < 0,05) em relação ao grupo controle. As demais avaliações dos parâmetros ruminais não demonstraram diferença (p > 0,05) entre os grupos. Em relação aos parâmetros metabólicos, não foram observadas diferenças (p > 0,05) nas concentrações de glucose, colesterol total, albumina e transaminase oxaloacética. Entretanto, a ureia, triacilglicerol e γ-glutaril-transferase apresentaram valores superiores
(p < 0,05) para o grupo levedura. Com base nestes resultados, pode-se concluir que o uso dos suplementos não altera os parâmetros ruminais; em relação aos fisiológicos, altera as concentrações de ureia, triacilglicerol e γ-glutaril-transferase.

Palavras-chave


probiótico; ionóforo; perfil metabólico; perfil ruminal; ovinos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v30i2.4687





ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY