O turismo internacional na economia-mundo capitalista: elementos para uma crítica - doi: 10.4025/actascihumansoc.v34i2.17005

Helton Ricardo Ouriques

Resumo


Existe um consenso na literatura sobre turismo de que esta atividade significa um passaporte para o desenvolvimento de países e regiões periféricas. Contudo, dados disponíveis sobre a atividade turística evidenciam a existência de uma concentração da renda gerada pelo setor. O artigo mostrará que tanto os fluxos de turistas quanto as receitas turísticas estão concentradas nas economias centrais e que as principais empresas hoteleiras estão sediadas nessas economias. Também explicaremos nosso ponto de vista sobre o sentido do desenvolvimento turístico nas periferias do capitalismo, mostrando esta atividade como uma forma de modernização e de reforço das relações históricas entre o centro e a periferia.

 


Palavras-chave


desenvolvimento; periferia; atividade turística

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihumansoc.v34i2.17005





ISSN 1679-7361 (impresso) e ISSN 1807 8656 (on-line) e-mail: actahuman@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY