Nota de esclarecimento.

Quinta-feira, 11/10/2018 ocorreu um problema no sistema de periódicos da UEM. Em virtude disso, foi necessário restaurar um backup de 10/10/2018, quarta-feira 08h00.

Assim, solicitamos aos editores que revejam as atividades deste dia, pois elas foram perdidas e devem ser refeitas. Antecipadamente pedimos desculpas pelos transtornos, mas o problema foi alheio as nossas atividades.

Camões, Mariana Alcoforado ou o vazio. Implicações culturais e identitárias do turismo em Portugal

Cristina Martínez Tejero

Resumo


Este artigo tem como origem a análise das interseções entre a literatura e a prática turística e pretende reflexionar sobre as dinâmicas culturais e identitárias geradas à volta de um dos fenómenos mais relevantes da contemporaneidade, o turismo. Concretamente, parte de um trabalho de campo que procura identificar a presença e funções da literatura nos materiais turísticos relativos a Portugal no período compreendido entre 1898 e 1989, para, a partir das deduções realizadas, refletir sobre os novos papéis atribuídos à literatura nas dinâmicas globais atuais e sobre o seu funcionamento distintivo relativamente a outras artes. A tendência detetada para a invisibilidade ou para a simplificação das formas culturais leva finalmente a questionar-nos sobre as implicações na configuração identitária de Portugal e sobre as suas consequências futuras.

 


Palavras-chave


identidade; literatura; prática turística; cultura; cânone.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascilangcult.v40i1.35163





ISSN 1983-4675 (impresso) e 1983-4683 (on-line) e-mail: actalan@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY