Produção de carvão ativado a partir de bagaço e melaço de cana-de-açúcar - DOI: 10.4025/actascitechnol.v28i1.1203

Gilberto da Cunha Gonçalves, Elisabete Scolin Mendes, Nehemias Curvelo Pereira, José Carlos de Sousa

Resumo


Carvões ativados foram preparados a partir de diferentes misturas de bagaço e melaço de cana-de-açúcar. A relação mássica bagaço:melaço variou de 1:0 a 1:2. Cada mistura foi prensada, formando pellets, os quais foram submetidos a uma pirólise sob fluxo de 150 mL•min-1 de N2, a 850°C, por 1 hora. Os carvões pirolisados foram ativados com CO2, sob fluxo de 75 mL•min-1, a 850°C, durante 30 min. A caracterização dos carvões ativados foi realizada pela análise de isotermas de adsorção física de N2 (77 K), pH e descoloração de soluções de melaço de cana (1% p/v). O rendimento médio dos carvões ativados foi de 23% em relação aos pellets iniciais. A área superficial específica dos carvões variou de 272 a 455 m2•g-1 com predominância de micro e mesoporos. Os carvões ativados preparados com pequena adição de melaço apresentaram-se tão eficientes na descoloração quanto um carvão ativado comercial, utilizado como referência

Palavras-chave


carvão ativado; bagaço de cana-de-açúcar; melaço; descoloração

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v28i1.1203





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY