Biomassa gerada a partir da produção avícola na região Oeste do Estado do Paraná: uma fonte de energia - DOI: 10.4025/actascitechnol.v27i2.1482

Alexandre Sordi, Samuel Nelson Melegari de Souza, Francisco Henrique de Oliveira

Resumo


Esse trabalho apresenta o estudo do potencial energético dos resíduos da avicultura (cama-de-aviário) nos municípios da Mesoregião Oeste do Estado do Paraná, Brasil. A quantidade de resíduo da avicultura, produzido no ano de 2001, foi de 382.021 toneladas. Esse resíduo animal é uma importante forma de biomassa, a qual pode ser utilizada como fonte primaria para geração de energia elétrica. Com a queima direta desse resíduo, a energia térmica que pode ser produzida é de 140.500 kJ/s; apenas uma parte dessa energia pode ser convertida em trabalho mecânico e potência elétrica em um turbo-gerador a vapor, essa potência elétrica foi calculada em 50.700 kW. A produção do resíduo da avicultura é sazonal de forma que a potência instalada de uma usina termoelétrica queimando esse tipo de biomassa foi estimada em 8.900 kW, considerando o fator de economia de escala. Para a visualização espacial da produção de resíduos e do potencial técnico de energia nos municípios da Mesoregião Oeste do Paraná foi utilizado o Sistema de Informação Geográfica (SIG) Arc View 3.2

Palavras-chave


biomassa; geração de energia

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v27i2.1482





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY