Um estudo sobre o tamanho da amostra e a monitoração da produção do fio de seda - Cocamar - DOI: 10.4025/actascitechnol.v25i2.2186

André Leonardo Rowe Costa, Sebastião Gazola, Terezinha Aparecida Guedes, Vanderly Janeiro, Ana Beatriz Tozzo Martins, Adalton Luiz Minconi, Edson Tetsuji Mizoguchi, Robson Marcelo Rossi

Resumo


A qualidade do fio de seda produzido pela Cocamar é avaliada através dos característicos: ruptura, limpeza, pureza, variação de igualdade I, II e III, desvio de título, desvio máximo, título condicional, tenacidade e alongamento. Os objetivos deste estudo foram: verificar se a formação dos lotes e das amostras estão conforme a metodologia estatística e de controle de qualidade; verificar se as máquinas estão sob controle com a utilização de fio sintético; e comparar os resultados das análises do laboratório da Cocamar com os resultados de laboratórios japoneses. Concluiu-se que a metodologia de amostragem e o tamanho de amostra utilizados satisfazem as normas técnicas e a metodologia de controle estatístico da qualidade. Pela análise do fio sintético os aparelhos estão operando sob controle. Quanto aos testes visuais, os classificadores precisam de treinamento e acompanhamento de seus desempenhos.

Palavras-chave


fio de seda; amostragem; controle de qualidade

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v25i2.2186





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY