Reforço à flexão em vigas de concreto armado com manta de fibra de carbono: mecanismos de incremento de ancoragem

Vladimir José Ferrari, Ivo José Padaratz, Daniel Domingues Loriggio

Resumo


O desprendimento dos laminados de plásticos reforçados com fibras da face inferior tracionada das vigas reforçadas à flexão é um problema complexo e indesejável, pois ocorre sem aviso, antecipando a ruína da viga reforçada e impossibilitando o total aproveitamento das propriedades resistentes à tração do reforço. Neste trabalho estudou-se o comportamento de vigas de concreto armado, reforçadas à flexão com manta de fibra de carbono, e avaliou-se a incorporação de mecanismos de incremento de ancoragem para evitar o desprendimento prematuro da manta com conseqüente aumento da capacidade resistente à flexão da viga. Nove vigas foram divididas em cinco grupos em conformidade com mecanismo de incremento de ancoragem adotado. Um dos mecanismos, além de evitar o desprendimento prematuro do reforço, também proporcionou incremento na resistência à flexão mais de 95%, em relação à viga sem reforço, e incrementos em torno de 20%, em relação às vigas sem incremento de ancoragem.

Palavras-chave


viga reforçada; reforço à flexão; desprendimento; plásticos reforçados; reforço com plásticos; ancoragem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v24i0.2556





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY