Sobre a possível realidade das forças fictícias: uma visão relacional da mecânica

Arden Zylbersztajn, André Koch Torres Assis

Resumo


Com base no Princípio de Mach, pode-se considerar as forças de inércia, também chamadas forças fictícias, como reais. Neste artigo, apresentamos as idéias de Mach no contexto histórico das críticas à noção newtoniana de espaço absoluto e analisamos a Primeira Lei de Newton, normalmente aceita sem maiores discussões no ensino da mecânica. A seguir, mostramos como aquelas idéias podem ser quantitativamente implementadas através de uma mecânica relacional, segundo a qual as forças de inércia são interpretadas como resultando das interações entre massas locais e a matéria distante no universo. Algumas implicações para o ensino são mencionadas na conclusão.

Palavras-chave


forças fictícias; princípio de Mach; mecânica relacional

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v21i0.3078





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY