Avaliação da qualidade da água da bacia do rio Pirapó – Maringá, Estado do Paraná, por meio de parâmetros físicos, químicos e microbiológicos - DOI: 10.4025/actascitechnol.v30i1.3199

Eliane Cristina Alves, César Flores da Silva, Eneida Sala Cossich, Célia Regina Granhen Tavares, Edvard Elias de Souza Filho, Ademir Carniel

Resumo


Este trabalho teve como objetivo monitorar a qualidade da água da bacia do rio Pirapó, principal fonte de abastecimento do município de Maringá, Estado do Paraná, e região. Foram estabelecidos cinco pontos de amostragem localizados à jusante dos principais ribeirões e córregos da bacia. A coleta das amostras foi realizada de forma pontual no ponto central da seção do rio, mensalmente, no período de abril/2005 a abril/2006. A qualidade da água foi avaliada por indicadores estabelecidos pela Resolução Conama nº 357/2005. Na avaliação dos parâmetros, foi possível indicar duas principais fontes poluidoras. A primeira é a exploração do solo, que se estende até às margens do rio, desprovida de mata ciliar, que ocasiona o transporte, principalmente, em períodos chuvosos, de sedimentos e nutrientes ao corpo d´água. A segunda é o lançamento clandestino de esgoto doméstico, apontado como o responsável pelos elevados índices de matéria orgânica e coliforme encontrados no corpo receptor.

Palavras-chave


qualidade da água; parâmetros físico-químicos e biológicos de água; rio Pirapó - Maringá - Estado do Paraná

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v30i1.3199





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY