Avaliação de um reator de lodo ativado aplicado à nitrificação utilizando ensaios cinéticos - DOI: 10.4025/actascitechnol.v30i1.3201

Valéria Reginatto, Fabrício Butierres Santana, Willibaldo Schmidell, Hugo Moreira Soares

Resumo


Neste trabalho, um reator em escala laboratorial de lodo ativado, aplicado ao processo da nitrificação, foi acompanhado por meio de ensaios cinéticos de atividade específica. A atividade de nitrificação da biomassa foi determinada por respirometria na caracterização do inóculo e na avaliação da biomassa do reator em duas condições: durante a alimentação do reator com meio sintético autotrófico; e após a sua alimentação com efluente de um reator UASB, utilizado para desnitrificação. O reator atingiu uma eficiência em torno de 90% de nitrificação em ambas as condições de operação. O modelo cinético de Andrews, que inclui uma constante da inibição pelo substrato (Ki), ajustou-se melhor aos resultados obtidos nos testes de atividade do que o de Monod. Entretanto, observou-se aumento da constante de inibição (Ki) do lodo após operação do reator em relação ao inóculo, demonstrando a adaptação da biomassa às novas condições (cargas) de nitrificação.

Palavras-chave


nitrificação; ensaio de atividade; lodo ativado; modelos cinéticos; inibição

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v30i1.3201





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY