Análise da topografia da superfície usinada por descargas elétricas do aço-rápido ABNT M2 - doi: 10.4025/actascitechnol.v33i1.6763

Jean Robert Pereira Rodrigues, Claudionor Cruz, Sinésio Domingues Franco

Resumo


A usinagem por descargas elétricas é um processo excepcional para usinagem de formas complexas em materiais condutores elétricos, principalmente para aqueles de alta dureza, difíceis de serem usinados por processos tradicionais. Em cada descarga, uma cratera é formada no material e uma pequena cratera é formada no eletrodo. De todo material fundido produzido em cada descarga, só 15%, ou menos, são removidos através do fluido dielétrico. O restante do material fundido solidifica-se formando uma superfície rugosa. As características da superfície obtida, sobreposição de crateras, glóbulos de impurezas, “chaminés”, bolhas (formadas quando os gases presos são liberados através do material resolidificado), são reveladas através de uma análise por microscopia eletrônica de varredura. O trabalho proposto tem por objetivo estudar o efeito de vários fluidos dielétricos, sobre topografia da superfície e taxa de remoção de material (TRM), no aço rápido ABNT M2, durante a usinagem por descargas elétricas.

Palavras-chave


usinagem por descargas elétricas; fluido dielétrico; crateras e topografia da superfície

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v33i1.6763





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY