Desempenho de diferentes lipases imobilizadas na síntese de biodiesel de óleo de palma - doi: 10.4025/actascitechnol.v33i2.7594

Grazielle dos Santos Silva, Dayana Yuri Inoue, Gisanara Dors, Agenor Furigo Junior, Heizir Ferreira de Castro

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo determinar as condições otimizadas da síntese enzimática de biodiesel, a partir do óleo de palma e etanol, empregando diferentes lipases imobilizadas (lipase de Pseudomonas fluorescens imobilizada em SiO2-PVA e lipase de Candida antártica imobilizada em resina acrílica – Novozym® 435) em meio isento de solvente. Uma matriz de planejamento fatorial foi utilizada para avaliar a influência da temperatura (42 – 58°C) e a razão molar entre etanol e óleo de palma (6:1 – 18:1) no rendimento de transesterificação alcançado para cada preparação de lipase. Os efeitos principais foram ajustados por análise de regressão múltipla a modelos lineares e o rendimento máximo foi obtido quando o sistema operacional foi operado a 42°C com substratos contendo etanol e óleo de palma na razão molar de 18:1. Os modelos matemáticos que representam o rendimento global da reação para cada lipase imobilizada foram considerados adequados para descrever os resultados experimentais.

Palavras-chave


Lípase; imobilização; biodiesel; planejamento; óleo de palma

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v33i2.7594





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY