Rede de distribuição de energia elétrica e arborização viária: o caso da Cidade de Maringá, Estado do Paraná - doi: 10.4025/actascitechnol.v33i4.8405

Bruno Luiz Domingos De Angelis, Carla Fernanda Marek, Generoso De Angelis Neto, Rafaela De Angelis Barros, Arney Eduardo do Amaral Ecker, Larissa De Angelis Guizelini

Resumo


Este trabalho teve por objetivo analisar a interação entre a arborização de acompanhamento viário e a rede de distribuição de energia elétrica de alta tensão e, ao mesmo tempo, avaliar as espécies arbóreas utilizadas na cidade de Maringá, Estado do Paraná, em uma área específica - Zona 7. Essa área foi escolhida tendo em vista as particularidades locais, como a utilização de árvores de grande porte e os diferentes tipos de rede de energia (convencional e compacta para alta tensão e convencional e isolada para baixa tensão). Constatou-se que as espécies arbóreas de grande porte são predominantes, como Caesalpinia peltophoroides e Tipuana tipu, que representam, respectivamente, 32,92 e 30,79% da arborização total. Como resultado final tem-se a minimização dos impactos causados pela arborização sobre a rede de energia elétrica, visto que os indicadores da qualidade do fornecimento de energia elétrica melhoraram em até 80%. Os custos de manutenção da rede diminuíram sensivelmente, e a qualidade da arborização, sobretudo pela redução nas podas, apresentou melhoras consideráveis, comprovando a eficácia da rede compacta protegida quando comparada às demais.

Palavras-chave


infraestrutura urbana; árvores urbanas; planejamento urbano; impactos ambientais

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v33i4.8405





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY