SENSO COMUM X CONHECIMENTO CIENTÍFICO: AS CONCEPÇÕES DE ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA SOBRE O SISTEMA DIGESTÓRIO

Rosane Aparecida Ribeiro, Maria Lúcia Bonfleur, Lourdes Aparecida Della Justina, Sandra Lucinei Balbo

Resumo


Este trabalho teve como objetivo principal verificar se no âmbito escolar, os alunos da educação básica emitem concepções acerca do sistema digestório associadas ao senso comum e/ou ao conhecimento científico. Um questionário, contendo nove perguntas abertas sobre o sistema digestório, foi aplicado a 40 alunos do Ensino Médio e 40 alunos do ensino Fundamental de um colégio público de Cascavel-PR. As respostas foram analisadas quanti-qualitativamente para cada nível de ensino. Posteriormente, as concepções verificadas no ensino Fundamental e Médio foram comparadas. Na análise dos resultados, observou-se a presença de conceitos isolados, fragmentados e restritos sobre a morfofisiologia do sistema digestório. Na esquematização do sistema digestório, realizada pelos alunos, foram verificados erros relacionados à localização e denominação das estruturas que compõem o trato gastrointestinal, sendo que os desenhos apresentaram predominantemente componentes estruturais e ausência de comportamento e mecanismos digestivos. A estrutura anatômica esquematizada teve influência dos modelos de ensino onde há basicamente imagens planas, com prevalência de características estruturais do sistema digestório, sobre a dinâmica e processos. Conclui-se que na amostra pesquisada, há prevalência de conceitos do senso comum sobre o conhecimento científico em relação ao sistema digestório.

Palavras-chave


senso comum; conhecimento científico; sistema digestório

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1980-959X