Uma rede de apoio à família do prematuro - doi: 10.4025/cienccuidsaude.v9i1.10565

Talita Maria Bengozi, Sarah Nancy Deggau Hegeto de Souza, Edilaine Giovanini Rossetto, Bárbara Radigonda, Letícia Mayumi Hayakawa, Daysa Peraro Ramalho

Resumo


Este trabalho relata a experiência de um projeto de atendimento integral ao prematuro e sua família desde sua implantação. O referencial teórico utilizado foi o Cuidado Centrado na Família, proposto pelo Instituto para o Cuidado Centrado na Família. O projeto inclui atendimento hospitalar, ambulatorial e domiciliar, nas seguintes etapas: contato e apoio no dia do nascimento; atendimento individual semanal durante a hospitalização do prematuro; reuniões com grupo de pais; treinamento da família nos cuidados do recém nascido para a alta; visita domiciliar antes e após a alta hospitalar; referência para a unidade de Saúde da Família e consultas de enfermagem no ambulatório. Desde sua implantação em 2007, o projeto tem cadastradas 309 crianças atendidas e suas famílias. As experiências vividas no projeto confirmam a necessidade de um novo olhar sobre o acompanhamento desses bebês e suas famílias que enfrentam muitas situações conflitantes. Por meio da atuação no projeto, acreditamos poder contribuir para a redução da morbimortalidade pela melhora da qualidade de vida dessas crianças e famílias.

Palavras-chave


Prematuro; Família; Assistência Integral à Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v9i1.10565



ISSN 1677-3861 (impresso) e ISSN 1984-7513 (on-line)