Parâmetros clínicos de pacientes diabéticos atendidos no programa educativo do serviço de medicina preventiva – SEMPRE

Carla Regina Souza Teixeira, Maria Lúcia Zanetti, Danielle Cristine Martins

Resumo


Trata-se de um estudo de caso único com o objetivo de analisar parâmetros clínicos e antropométricos retidos de pacientes diabéticos que participaram do programa educativo por um período de um ano na implementação do Serviço de Medicina Preventiva SEMPRE. A coleta de dados foi realizada de novembro de 2002 a abril de 2003, utilizando o sistema informatizado denominado SEMPRE - Qualidade de vida sobre as variáveis relacionadas ao peso corporal, pressão arterial e glicemia capilar pós-prandial. Das 86 pessoas cadastradas na implementação do programa educativo em diabetes mellitus no SEMPRE de junho a novembro de 2001, 44 foram excluídas por descontinuidade no atendimento. Para a análise estatística, foi utilizado o teste T-student. Dos 42 (100%) sujeitos investigados, 36 (85,7%) possuem o diabetes tipo 2 e 6 (14,3%) o tipo 1. Em relação às variáveis relacionadas aos parâmetros clínicos e antropométricos, houve redução de 23,8% na média da glicemia capilar pós-prandial, 6,7% da pressão arterial sistólica, 7% da pressão arterial diastólica e média de redução de 1,92 kg no peso corporal após doze meses de participação no SEMPRE. A análise estatística também demonstrou que houve diferença significativa da glicemia capilar pós-prandial e pressão arterial diastólica para os diabéticos tipo 2. Esses resultados apontam que o trabalho realizado pela equipe multiprofissional em diabetes pode ser um diferencial na redução dos parâmetros clínicos e antropométricos analisados.

Palavras-chave


Diabetes mellitus; Equipe interdisciplinar de saúde; Enfermagem; Medicina preventiva; Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v4i3.5201



ISSN 1677-3861 (impresso) e ISSN 1984-7513 (on-line)