Chamada de artigos: Dossiê: Experiências anarquistas no Brasil

As convulsões sociais no Rio de Janeiro, em novembro de 1918, tanto indicam o germinar das ideias libertárias entre os veículos de imprensa operária quanto consumam a colheita do que fora semeado pelos “núcleos específicos anarquistas” junto aos organismos de classe fluminenses.

Ao celebrar o centenário da “Insurreição Anarquista de 1918”, o presente dossiê visa reunir pesquisadores dedicados à compreensão das experiências que fizeram florescer tal “planta exótica”, alcunha que essa parcela do pensamento político e social recebeu dos seus detratores àquela altura.

Para tanto, serão bem-vindos artigos que se debrucem sobre as diferentes táticas de ação organizadas pelos anarquistas nos últimos cem anos da história brasileira, com vistas a uma reflexão sobre o alcance da semeadura do pensamento ácrata em nosso “solo tropical”. 

As submissões devem ser feitas diretamente pela interface da revista até 30 de setembro de 2018.

Rogério de Castro
Doutor em Educação UERJ-RJ
(Organizador)