Nota de esclarecimento.

Quinta-feira, 11/10/2018 ocorreu um problema no sistema de periódicos da UEM. Em virtude disso, foi necessário restaurar um backup de 10/10/2018, quarta-feira 08h00.

Assim, solicitamos aos editores que revejam as atividades deste dia, pois elas foram perdidas e devem ser refeitas. Antecipadamente pedimos desculpas pelos transtornos, mas o problema foi alheio as nossas atividades.

Imagem para capa

O tema da atenção no debate filosófico contemporâneo e sua importância na formação humana

Genivaldo de Souza Santos, Rodrigo Pelloso Gelamo

Resumo


O tema da atenção faz parte de uma temática esquecida e não valorizada pela filosofia e por sua história na medida em que seus laços com os pressupostos fundamentais da filosofia moderna constituem sua identidade. Assim, o tema da atenção ganhou importância e foi recuperado por estudiosos da filosofia antiga que, numa espécie de desvio dos pressupostos modernos, perceberam que a filosofia em sua plenitude não poderia ser considerada apenas como uma produção/exposição de um sistema teórico desligado da experiência que fazemos no mundo, mas que ela deveria ser tomada como modo de viver que nos implica profundamente e que pode ser praticado, exercitado, tendo como finalidade uma espécie de autotransformação (trans-formação humana). Buscamos ir além do sentido epistemológico atribuído ao tema da atenção, para tomá-lo como um tema eminentemente ético, na medida em que implica uma atitude que procura a ação mais adequado à situação. Como nova temática que visa arejar o debate filosófico e pedagógico, carece de uma sistematização, o que buscaremos com este trabalho, elegendo como referência teórica a obra de Pierre Hadot (1999, 2003, 2009).


Palavras-chave


Ética; Respeito; Relação professor-aluno

Texto completo:

PDF (baixado




Direitos autorais