Skinheads White Power na América do Sul: a internacionalização do discurso nacional-socialista da Blood & Honour

Samoel Ramos de Alcantara

Resumo


O presente trabalho trata-se de uma investigação sobre manifestações políticas de extremismo de direita na América do Sul contemporânea, em específico, a atuação da organização skinhead internacional denominada Blood and Honour. Privilegiasse, nessa analise, o debate da categoria nacional-socialismo através de fundamentos da Ciência Política a das Relações Internacionais.No entanto nem todo skinhead é uma apoiador do nazismo, assim como nem todo entusiasta da suástica é um skinhead; existem grupos que se autodenominam enquanto skinheads que apoiam e militam em prol de uma organização social racialista baseada em uma suposta supremacia branca, esses ficaram conhecidos como skinheads White Power.Através dessa pesquisa buscou-se estudar o pensamento e atuação política disseminada e empreendida pela Blood and Honour, apontando, mais especificamente, para sua articulação na América do Sul. Foram analisadas as características constitutivas do pensamento nacional socialista difundido pela organização principalmente através de sites na internet, buscando-se compreender como o nacional socialismo foi, enquanto categoria analítica, modificado para melhor servir os objetivos da Blood and Honour, com enfoque maior nas concepções de internacionalização do movimento.Observou-se que a internacionalização presente no pensamento nacional socialista da Blood and Honour, está pautada em uma organização racial supra estatal baseada na união de indivíduos ou grupo de indivíduos supostamente herdeiros de uma ancestralidade ariana; diferentemente da concepção nacional socialista alemã das décadas de 1920 e 1930 que buscava uma internacionalização através da expansão do domínio nazista, sendo essa altamente pautada na ação estatal e em uma concepção de nacionalidade cívica.

Palavras-chave


Extrema direita; Skinheads White Power; Nacional Socialismo; Blood & Honour; América Latina

Texto completo:

PDF (baixado




Direitos autorais 2015