Imagem para capa

Ansiedade e impaciência: cânceres sociais na Educação e Relações Humanas

Antonio Mendes Silva Filho

Resumo


Os hábitos dizem muito da natureza humana e podem ajudar ou dificultar a formação humana. Aristóteles nos ensina a entender a natureza humana quando diz que “somos aquilo que fazemos repetidamente”. Hábitos consistem de padrões comportamentais realizados costumeiramente, frutos da frequente repetição de atos. Portanto, hábitos constituem traços que seres humanos podem desenvolver ao longo da vida. Os hábitos ajudam a compreender a natureza humana, pois eles os acompanham ao longo da vida como virtudes ou defeitos. Mas, a virtude torna-se em vício se mal aplicada. Este artigo explora e discute hábitos, cânceres sociais, que têm afetado a educação e relações humanas

Palavras-chave


Conectividade; gestão de tempo; ansiedade; educação

Texto completo:

PDF




Direitos autorais