Nota de esclarecimento.

Quinta-feira, 11/10/2018 ocorreu um problema no sistema de periódicos da UEM. Em virtude disso, foi necessário restaurar um backup de 10/10/2018, quarta-feira 08h00.

Assim, solicitamos aos editores que revejam as atividades deste dia, pois elas foram perdidas e devem ser refeitas. Antecipadamente pedimos desculpas pelos transtornos, mas o problema foi alheio as nossas atividades.

Imagem para capa

Os efeitos das prisões – uma abordagem das instituições totais

Camila Maria Rosa

Resumo


Este artigo apresenta à discussão acadêmica e à sociedade a respeito dos efeitos do cumprimento da pena privativa de liberdade a partir dos estudos da prisão como uma instituição total, abordando as características e processos de “desculturação” e de “prisionalização”. Buscamos responder se a prisão poderá ter efeitos positivos sobre o recluso, para tanto adotamos a metodologia de pesquisa bibliográfica, utilizando como referencial teórico a justificação garantista para aplicação da pena privativa de liberdade, fundamentando que o sistema de execução penal deverá pautar-se pela redução dos danos causados pela aplicação da pena privativa de liberdade, visando preservar os demais direitos fundamentais e, especialmente, a dignidade daquele que cometeu uma conduta criminosa.


Palavras-chave


Prisão; instituição total; garantismo penal.

Texto completo:

PDF (baixado




Direitos autorais 2018 Revista Espaço Acadêmico