DESENVOLVIMENTO DA ORGANIZAÇÃO TEMPORAL DE CRIANÇAS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

Josiane Medina, Greisy Kelli Broio Rosa, Inara Marques

Resumo


O objetivo do estudo foi investigar o desenvolvimento da organização temporal de crianças com dificuldades de aprendizagem. A amostra compreendeu 34 crianças (11 meninas e 23 meninos) de 8 a 10 anos, estudantes de escolas estaduais da cidade de Londrina - PR. Para a coleta de dados foram adotados os procedimentos do Manual de Avaliação Motora (Rosa Neto, 2002). Os dados foram analisados descritivamente e com a utilização de tabelas de freqüência. De maneira geral, os resultados demonstraram que aproximadamente 53% das crianças atingiram níveis inferiores ao esperado para sua idade cronológica, e na análise por grupo, apenas as crianças do grupo de 8 anos obtiveram coeficiente motor equivalente aos níveis esperados para a sua idade cronológica. Desta forma, verifica-se um déficit motor nas diferentes tarefas que avaliaram a organização temporal, o que indica que, à medida que aumenta a idade cronológica, parece haver um aumento relativo do déficit nos aspectos componentes da organização temporal.

Palavras-chave


Desenvolvimento motor; organização temporal; dificuldades de aprendizagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/reveducfisv17n1p107-116

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 0103-3948 (impresso) e ISSN 1983-3083 (on-line) e-mail: revdef@uem.br