Valor nutritivo de dietas contendo raspa integral da mandioca para ovinos confinados - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i4.7153

Washington Luis Ferreira Conceição, Agustinho Valente de Figueirêdo, Hoston Tomás Santos do Nascimento, Vânia Rodrigues Vasconcelos, Arnaud Azevêdo Alves, Laí Alves Dantas Filho

Resumo


Avaliou-se o valor nutritivo de dietas contendo 0; 12; 24; 36 e 48% de raspa integral de mandioca (RIM) para ovinos confinados. Foram utilizados 20 ovinos mestiços da raça Santa Inês, com peso vivo inicial 17,4 ± 2,6 kg e idade quatro a cinco meses. Realizou-se ensaio de desempenho e de digestibilidade, segundo o delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos (dietas) e quatro repetições. A inclusão de RIM não alterou os consumos de MS, MO e PB, mas reduziu linearmente (p < 0,05) o consumo de FDN, em g dia-1 (Ŷ = 373,67 - 2,58X, R2 = 0,39), %PV (Ŷ = 1,29 - 0,008X, R2 = 0,61) e g UTM-1 (Ŷ = 29,89 - 0,19X, R2 = 0,56) e de FDN digestível (Ŷ = 191,33 - 1,37X; R2 = 0,25). Não houve efeito (p > 0,05) da inclusão de RIM sobre o ganho de peso e conversão alimentar, com médias 252,66 g dia-1 e 4,86, respectivamente. A inclusão de RIM aumentou (p < 0,05) a digestibilidade da MS (DMS) (Ŷ = 71,35 + 0,16X; R2 = 0,73), PB (DPB) (Ŷ = 64,42 + 0,19X; R2 = 0,27) e FDA (DFDA) (Ŷ = 31,77 + 0,22X;
R2 = 0,22). O valor nutritivo das dietas com RIM não influencia o desempenho de ovinos quanto ao ganho de peso e não compromete a conversão alimentar, devendo-se atentar para os ajustes de nutrientes quanto às exigências nutricionais, principalmente proteína.

Palavras-chave


alimentos alternativos; consumo voluntário; conversão alimentar; digestibilidade “in vivo”; ganho de peso

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v31i4.7153



Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br