Influência da acidez na síntese do MTBE sobre zeólitas Beta modificadas

Adriano Morales Gonzales, Pedro Augusto Arroyo

Resumo


No presente trabalho, estudou-se a reação de síntese do MTBE sobre zeólitas Beta desaluminizadas e lixiviadas. A desaluminização hidrotérmica e térmica da zeólita HBeta levou a catalisadores menos ativos devido à diminuição do concentração total de sítios ácidos de Brönsted. Além disso, verificou-se que a eliminação das espécies de alumínio extra-rede na amostra HBeta por tratamento ácido levou a uma diminuição na atividade catalítica da zeólita, mesmo esta apresentando uma maior concentração de sítios ácidos de Brönsted. Isto sugere que espécies de alumínio extra-rede catiônicas altamente dispersas interagem com as hidroxilas da rede zeolítica, gerando sítios de Brönsted com atividade catalítica aumentada. Deste modo, a zeólita HBeta apresentou rendimento máximo em MTBE a 70oC, sendo este superior ao mostrado pelo catalisador comercial (resina Amberlyst 15) e pelas demais zeólitas estudadas, nas condições de reação utilizadas

Palavras-chave


MTBE; zeólita Beta; acidez; desaluminização; alumina extra-rede

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v23i0.2772





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY