Oportunidades e limitações para aplicação de simulação e modelagem como suporte à agricultura de precisão

Antonio Odair Santos, Marcio de Morisson Valeriano, Jose Valdemar Gonzalez Maziero, Antonio Carlos Cavalli

Resumo


A agricultura de precisão tem sido proposta como manejo estratégico de cultivos agrícolas, em escala menor do que a área total da lavoura, com base na aplicação de informação tecnológica e conhecimento agronômico. O gerenciamento da variação de variáveis de solo e planta se faz necessário para se obter sucesso nesta atividade. Tal fato implica em se lidar com grande número de dados, que devem ser coletados e tratados visando ao desenvolvimento do poder de decisão. A modelagem das interações do complexo solo-clima-desenvolvimento de culturas tende a ser uma escolha natural para a rápida integração e busca por estratégias de manejo. Um experimento foi desenvolvido em Angatuba, Estado de São Paulo (23o33’S; 48o18’W; 670 m), e a cultura do milho foi observada através de duas de estações de crescimento (1999-2000), em duas áreas de cultivo distintas. Foi efetuado o monitoramento de propriedades de solo, relacionadas à produtividade agrícola, além de variáveis de planta. Para uma das áreas análises sítio-específico, foram conduzidas através do uso de modelo de simulação, com base em amostragem esparsa de propriedades de solo. Em uma segunda área, o potencial de implementação desta nova tecnologia, tendo a modelagem e simulação como suporte, foi discutido, com base na estrutura espacial de variáveis de planta e solo, obtidas em amostragem intensiva. Os resultados das observações de campo sugerem que a modelagem de processos físicos é uma ferramenta fundamental para a implementação da agricultura de precisão, tendo por base uma escala de trabalho realística e a utilização de estratégias de amostragem a partir de fontes múltiplas, que devem incluir o sensoriamento remoto. No presente estudo, a malha de amostragem de solo, em uma escala de lavoura, mostrou-se inconsistente com as necessidades da agricultura de precisão, no que se refere à extensão da aplicação de modelagem, baseada em processos pontuais, para o espaço de um área

Palavras-chave


milho; modelagem; agricultura de precisão

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v23i0.2789





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY