Imagem para capa

Revolução Russa de 1917 e seu impacto nos Andes centrais

Everaldo Oliveira Andrade

Resumo


O objetivo desse texto é o de apresentar o processo da revolução russa de 1917 e analisar o seu impacto nos países andinos centrais: Peru, Bolívia e Equador durante as duas primeiras décadas seguintes à revolução. Utiliza-se como hipótese teórica central a teoria do desenvolvimento desigual e combinado e sua possível aplicabilidade como instrumento de análise dos processos históricos analisados. A primeira seção deste artigo analisa o processo da revolução russa desde a passagem ao século XX até os primeiros anos da revolução, período em que ocorre um acirramento das contradições inter-imperialistas com impacto direto sobre o país. A segunda seção examina de que forma a revolução influenciou os processos locais na perspectiva do desenvolvimento desigual e combinado do capitalismo e de seus processos históricos tendo-se em conta a situação das economias nacionais, o desenvolvimento das lutas sociais e políticas desenvolvidas pelo movimento operário e as massas populares. 


Palavras-chave


revolução russa; movimento operário; Peru; Bolívia; Equador

Texto completo:

PDF