Atenção à mulher com soropositividade para o HIV: uma análise na perspectiva da integralidade - doi: 10.4025/cienccuidsaude.v9i1.8921

Octavio Muniz da Costa Vargens, Samar Duarte dos Santos, Tainara Seródio Amim Rangel

Resumo


Este artigo busca analisar o cuidado à mulher com HIV a partir do cuidado integral. Para isto utilizaremos uma revisão sistemática de literatura baseada em autores que sustentam e apoiam a ideia de uma assistência integral à mulher com HIV. O texto aborda a integralidade e suas conexões com a política/programas de saúde, diante do cuidado à mulher HIV sob a ótica da integralidade e a influência da formação profissional. Durante muito tempo a Aids foi considerada uma doença de homo e bissexuais masculinos, mas estudos apontam que a incidência em mulheres vem aumentando significativamente a cada ano. Conclui-se que para prestar um cuidado humanizado a esta cliente o profissional deve ser capaz de entender às suas necessidades. O grande passo para atingir a integralidade é conseguir alterar as formas e o modelo de ensino, que, apesar de muito discutidos, têm tido poucos avanços na prática. Além disso, é necessário compreender e respeitar as escolhas e a história de vida de cada mulher, com vista a oferecer-lhe uma assistência de qualidade.

Palavras-chave


Cuidados Integrais à Saúde; Saúde da Mulher; Aids.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v9i1.8921



ISSN 1677-3861 (impresso) e ISSN 1984-7513 (on-line)

 

Resultado de imagem para CC BY