Alteração nas características físicas do solo decorrentes da aplicação de esgoto doméstico tratado - 10.4025/actascitechnol.v32i4.5349

José Alberto Alves de Souza, Rafael Oliveira Batista, Márcio Mota Ramos, Antônio Alves Soares

Resumo


Neste trabalho, teve-se como objetivo estudar a alteração nas características físicas do solo decorrentes da aplicação de esgoto doméstico tratado. O experimento foi montado no delineamento em blocos casualizados (DBC) com três repetições. O solo da área experimental é Cambissolo; o relevo é acidentado; o clima é Cwb com verões chuvosos e invernos frios e secos; as aplicações da água doce e do esgoto doméstico tratado foram feitas via sistema de irrigação por gotejamento. Os seguintes tratamentos foram usados: T - solo sem irrigação; MC - solo com aplicação de água doce e MR - solo com aplicação de esgoto doméstico tratado. Amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0 a 0,20; 0,20 a 0,40 e 0,40 a 0,60 m para análises físicas (massa específica do solo, microporosidade, macroporosidade, capacidade de campo, ponto de murcha permanente e condutividade hidráulica). Os resultados comprovaram que MC e MR aumentaram a massa específica, a microporosidade e a capacidade de campo e que diminuíram a macroporosidade e a condutividade hidráulica do solo em relação à T.

Palavras-chave


água residuária; aplicação localizada; macro e microporosidade

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v32i4.5349





ISSN 1806-2563 (impresso) e ISSN 1807-8664 (on-line) e-mail: actatech@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY