A "Artinha de Leitura" de João Simões Lopes Neto (1907): um projeto para o ensino da leitura e da escrita

Eliane Peres, Eduardo Arriada, Luís Artur Borges Pereira

Resumo


O objetivo principal neste artigo é analisar uma cartilha produzida em 1907 por um dos mais importantes escritores regionalistas, o pelotense João Simões Lopes Neto. Entende-se que, nesse artefato, está expresso um projeto social mais amplo pretendido pelo escritor, bem como os pressupostos que ele defendia para o ensino inicial da leitura e da escrita. Embora não tenha sido publicada à época de sua produção, Artinha de leitura é um importante e singular documento que, além de revelar sua proposta para o ensino da leitura e da escrita de João Simões, revela também seu projeto cívico-pedagógico e sua adesão à Reforma Ortográfica da Academia Brasileira de Letras, razão principal da desaprovação da Artinha pelo Conselho da Instrução Pública do Rio Grande do Sul.


Palavras-chave


História da Educação; ensino da leitura; iniciação à leitura; Rio Grande do Sul

Texto completo:

PDF (baixado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Resultado de imagem para CC BY